A prisão de um falso padre em Fortaleza que vendia por R$ 550 ingressos para um encontro com o Papa colocou em estado de alerta os organizadores da visita de Bento XVI ao Brasil, que ocorrerá em maio.

O secretário executivo das Comissões de Preparação da Visita, Padre Marcelo Alves, comenta que católicos de todo o país já buscam informações sobre como participar dos encontros e que a Igreja está preocupada com a possível ação de aproveitadores.

No fim de semana, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nota para alertar sobre os golpes. No comunicado, o secretário geral da CNBB, Dom Odilo Scherer, orienta os católicos a procurar a polícia se encontrar alguém vendendo ingressos. A CNBB orienta ainda que os fiéis se informem com padres conhecidos.

Padre Marcelo Alves afirma que está em fase de estudo a distribuição de ingressos para o encontro de Bento XVI com os jovens no estádio do Pacaembu, na Zona Oeste de São Paulo, no dia 10 de maio. “Muitos perguntam se serão vendidos os ingressos. Serão distribuídos, mas haverá critérios para que a juventude de todo o país esteja representada”, diz o padre.

Fonte: G1