A Igreja Anglicana ordenou pela primeira vez em sua história mais mulheres que homens na Inglaterra, segundo os dados referentes ao ano passado. A Igreja ordenou 213 mulheres e 210 homens sacerdotes em 2006.

A maioria das mulheres exerce o sacerdócio voluntariamente, sem remuneração.

O Sínodo Geral do anglicanismo votou em 1992 a favor da ordenação de mulheres, o que só ocorreu em 2004.

A entidade debate atualmente se permite ou não às mulheres chegar ao posto de bispo, o que pode resultar tão polêmico como a ordenação de homossexuais.

Algumas províncias da comunidade anglicana, como as dos Estados Unidos e o Canadá, já contam com mulheres à frente de bispados.

Apesar de haver cada vez mais mulheres no sacerdócio, o clero feminino quase não teve impacto na Igreja Anglicana devido, principalmente, a que a maioria das mulheres trabalha voluntariamente.

Se forem contabilizados somente os sacerdotes devidamente remunerados pelo trabalho que fazem, na Igreja da Inglaterra há atualmente 7.001 homens, contra 1.495 mulheres.

Fonte: EFE