Igreja Batista do Texas onde ocorreu o massacre que matou 26 pessoas
Igreja Batista do Texas onde ocorreu o massacre que matou 26 pessoas

A modesta igreja no Texas, nos Estados Unidos, onde um homem armado matou 26 pessoas na semana passada, foi reaberta neste domingo com uma cerimônia de homenagem às vítimas.

Sinais do massacre foram apagados na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs e o santuário devastado foi transformado em um memorial aos mortos. Todos os bancos, carpetes e equipamentos da igreja foram removidos e o chão foi coberto de branco, com camadas de tinta ainda fresca. As janelas também foram pintadas com aquarelas.

Cadeiras dobráveis brancas foram espalhadas pela igreja, cada uma marcando o exato local onde o corpo de uma vítima foi encontrado. Uma rosa vermelha decorada com uma fita branca adornava cada encosto, que tinha o nome da vítima escrito em dourado. Apenas uma das flores era da cor rosa, para simbolizar o bebê ainda não nascido de uma das vítimas que estava grávida de dois meses, informou a CNN.

Cadeiras são decoradas com rosas e o nome das pessoas mortas no ataque a tiros na Igreja Batista de Sutherland Springs, no Texas - 12/11/2017

Enquanto membros da mídia eram escoltados quatro de cada vez pela capela, uma gravação de versos de escrituras sagradas podia ser ouvida. Do lado de fora, sob constante chuva, cerca de 100 familiares e outras pessoas esperavam para prestar suas homenagens.

Equipes de construção trabalharam sem parar por 72 horas para deixar a igreja “apresentável para aquelas famílias”, disse o pastor associado Mark Collins.

Fonte: Veja.com