A Igreja Católica no México convocou uma jornada de oração “pela reconciliação, a concórdia e a paz” no país, literalmente dividido a meio depois das eleições presidenciais do passado dia 2 de Julho.

As eleições deram a vitória a Felipe Calderón, por uma diferença de 0,58% sobre Andrés López Obrador, que impugnou o resultado e pediu a recontagem voto a voto. Neste contexto, a Igreja fez um apelo a todos os mexicanos “para que se tranqüilizem diante da incerteza gerada pela falta de um vencedor declarado nas eleições presidenciais”. A jornada de oração pela paz terá lugar entre 31 de Julho e 6 de Agosto.

A situação no México, contudo, não parece ser fácil de resolver. Nas últimas horas, Andrés Manuel López Obrador disse ter 21 caixas com documentos comprovando que houve uma fraude na votação de 2 de Julho. O vencedor das eleições, Felipe Calderón, opõe-se à verificação voto a voto.

Fonte: Agencia Ecclesia