Uma igreja católica na cidade de Lucerna, no centro da Suíça, causou controvérsia entre os fieis por causa de uma campanha de conscientização sobre a Aids com a distribuição de camisinha para adolescentes.

A igreja planeja distribuir 3.000 preservativos como parte de um esforço de engajar os jovens, afastados pela oposição de longa data do Vaticano ao uso de contraceptivos.

O porta-voz Florian Flohr disse que a campanha atraiu principalmente reações positivas, mas que alguns católicos expressaram preocupação.

Representantes da diocese de Basel não foram encontrados para comentar o caso. Um porta-voz da diocese vizinha de Chur disse à TV suíça SF1 que a campanha é “um erro”.

[b]Fonte: Folha Online[/b]