A Igreja Católica chilena denunciou nesta sexta-feira o roubo de um pedaço de madeira que teria pertencido à cruz em que foi crucificado Jesus Cristo, que estava na Basílica da Mercê, em pleno centro de Santiago.

O sacerdote Marcelo Méndez, pároco da basílica, afirmou que, por volta das 11h30 (13h30 de Brasília), desconhecidos roubaram a relíquia de incalculável valor espiritual, histórico e cultural, que estava aos pés da imagem do Cristo crucificado.

Méndez explicou num comunicado de imprensa que a peça roubada é a sagrada Relíquia da Veracruz, com um pedaço da cruz em que Jesus foi crucificado. Ela foi doada pelo Rei Carlos V à Ordem Mercedária e levada ao Chile no fim do século XVIII.

O religioso explicou ainda que o relicário de prata de valor “incalculável” é de estilo barroco, e não existem fotos da peça. Ele pediu que os ladrões devolvam o pedaço de cruz, “que é muito importante para os fiéis”, ressaltou.

Fonte: EFE