A Igreja Protestante Luterana da Suécia participará pela primeira vez da Parada do Orgulho Gay de Estocolmo e seus pastores desfilarão entoando o slogan “O amor é mais forte que tudo”, anunciou nesta quinta-feira.

“Pela primeira vez, a parada gay contará com uma seção da Igreja sueca”, informou a instituição religiosa em um comunicado. O desfile está previsto para sábado.

A Igreja informou que a delegação contará com trinta pessoas, dentre elas representantes eminentes das catedrais de Estocolmo e Uppsala.

“A Igreja quer romper o grande silêncio das massas em relação aos homossexuais”, bissexuais e transexuais, segundo o comunicado.

“A Igreja sueca é uma igreja aberta onde cada um tem seu lugar”, explicou Ann-Katrin Bosbach, pastor em Uppsala.

Desde janeiro, os casais homossexuais podem solicitar a benção da Igreja sueca para sua união.

A Suécia, pioneira na legalização da adoção de crianças pelos homossexuais, parece se encaminhar também em direção ao casamento religioso de casais homossexuais.

O parlamento deve examinar em janeiro de 2008 uma lei instaurando o casamento “sexualmente neutro” que reconheceria os casamentos de casais homossexuais na Igreja Protestante Luterana.

Milhares de manifestantes são esperados para a Parada do Orgulho Gay de Estocolmo, segundo os organizadores.

Fonte: AFP