Denise de Santis, fundadora da Igreja de Bruxaria e Wicca do Brasil criticou a série “Sagrado”, da TV Globo.

“Sagrado”, da TV Globo e Futura, no ar desde 2009, está recebendo críticas de Denise de Santis, fundadora da Igreja de Bruxaria e Wicca do Brasil, pela falta de espaço dado à sua religião.

A série conta com representantes do catolicismo, islamismo, protestantismo, afro-brasileiras e o espiritismo, mas não da bruxaria, que tem, segundo números não oficiais, cerca de 700 mil seguidores no país.

[b]Fonte: UOL[/b]