Mãos postas sobre a Bíblia
Mãos postas sobre a Bíblia

Altas multas e confisco de literatura cristã estão sendo impostos sobre muitos cristãos no Uzbequistão. Eles também têm enfrentado interrogatórios e condenações.

Em agosto de 2017, a polícia seguiu o pastor Ahmadjon Nazarov e outros irmãos de Urgench até uma reunião da igreja doméstica em outra província, Kungrad.

A polícia, então, invadiu a reunião, revistou a casa e confiscou vários aparelhos eletrônicos e material cristão, inclusive uma Bíblia. Um amigo do anfitrião que estava na reunião foi torturado.

Quando os cristãos fizeram uma queixa à polícia, eles disseram: “Nós não nos importamos, vocês podem reclamar em qualquer lugar”.

Enquanto isso, as mulheres da igreja do pastor Nazarov, em Urgench, continuam a ser intimidadas por policiais. Em dezembro de 2017, a cristã Shakhzoda Rajabova foi multada por possuir livros cristãos e alguns de seus materiais foram destruídos.

As autoridades também levaram seu telefone celular. Ela não foi notificada de que estava sendo processada. A primeira audiência aconteceu em 10 de abril de 2018, quando ela recebeu uma cópia da decisão do Tribunal.

Quando perguntado por que o Tribunal havia quebrado a lei, confiscando o celular da cristã e destruindo material cristão, o juiz se recusou a responder.

Uma outra irmã que frequenta a igreja do pastor Nazarov, Sharofat Allamova, tem sido pressionada a pagar uma multa por ter livros cristãos em casa.

Em 18 de abril de 2018, um oficial de justiça ameaçou-a ilegalmente com a multiplicação das multas, incluindo o confisco do seu apartamento, a menos que ela pagasse a multa.

os cristãos pedem oração por essas irmãs e por esse grupo de cristãos secretos, sob a liderança do pastor Nazarov, que o Senhor os guarde em segurança e lhes dê sabedoria para agir diante da pressão que têm enfrentado.

Fonte: Forum 18 via Missão Portas Abertas