No anúncio uma igreja identificada como “Ministério de Vida no Espírito” buscava um pastor “formado, com referência e experiência, que ama as ovelhas”.

– Procurar um pastor nos classificados deve ser a última opção de um pastor desesperado? Apenas orar e esperar que Deus lhe traga o cordeiro bastariam? – Estes foram os questionamentos levantados pelo blogueiro Tom Fernandes, diante de um classificado de jornal de uma igreja que procurava um pastor para contratar.

O anúncio em questão foi publicado na edição de 9 de agosto de 2012 do jornal O Popular, de Goiás. No anúncio uma igreja identificada como “Ministério de Vida no Espírito” buscava um pastor “formado, com referência e experiência, que ama as ovelhas”, para atuar em uma cidade do interior do estado.

Fernandes, que se deparou com o anúncio enquanto pesquisava preços de automóveis, levantou em seu site um pedido de reflexão, sobre a que ponto pode-se chegar para manter um ministério pastoral em uma localidade do interior, quando muitos líderes evangélicos preferem se estabelecer nas grandes cidades e no litoral do país.

Abaixo, uma foto do anúncio:

[img align=left width=300]http://noticias.gospelmais.com.br/files/2012/08/pastor-classificado.png[/img]

[b]Fonte: Gospel+[/b]