Uma nova campanha foi lançada nesta semana pela Igreja Católica para diminuir os casos de violência, especialmente contra a mulher, em Pernambuco. O estado tem o maior número desses casos registrados no país.

De janeiro até segunda-feira (20), foram registrados em Pernambuco 6.954 casos de violência contra mulheres. No mesmo período, foram 222 mortes, contra 228 em 2007.

Para a delegada Denise Valentim, é preciso que a mulher reaja a qualquer sinal de violência. “Um pequeno tapa deve ser denunciado, e o agressor deve ser punido. Isso para que não se instale um ciclo de violência que venha a culminar numa situação grave, em casos muito tristes que envolvem toda a família”, diz.

Lembrando as vítimas de violência nas missas, a Igreja Católica está denunciando os assassinatos no estado. Os padres são orientados a ler os nomes das mulheres durante a celebração. “À igreja cabe o sentimento de mãe, de acolhida e de conforto às pessoas, mas especialmente de engajar todo cristão na luta contra a violência”, afirma o padre João Carlos.

Fonte: G1