O vice-presidente da Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), D. Roberto Lückert, negou a realização de quaisquer reuniões entre autoridades da Igreja e funcionários dos Estados Unidos da América.

Estes encontros tinham sido revelados pela Secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice.

“Isso é mentira, sou vice-presidente da CEV e em nenhum momento senti que nos tenham convidado, ou pedido audiências com a presidência da Conferência Episcopal”, disse o prelado à emissora local “Unión Radio”.

“Os quatro membros da presidência da CEV estiveram reunidos e em nenhum momento falamos sobre se o embaixador ou alguém do governo norte-americano está preocupado connosco”, acrescentou D. Lückert.

Condolezza Rice tinha dito na quarta-feira que a Igreja católica venezuelana estava “sob ataque” do presidente Hugo Chávez e que foram estabelecidos contactos com bispos.

Fonte: Agencia Ecclesia