A Arquidiocese de Curitiba, através da Associação Evangelizar é Preciso, está levantando uma bandeira de luta contra a descriminalização do aborto no Brasil, proposta pelo Projeto de Lei 1135/91, que está em trâmite na Câmara Federal.

A idéia é coletar 1 milhão de assinaturas num abaixo-assinado contra o projeto e conscientizar a população sobre a causa.

“É inadmissível que o Brasil, que se diz o maior país católico do mundo, aceite a legalização do aborto”, comenta o responsável pela Associação, padre Reginaldo Manzotti, que também é o pároco responsável pela igreja Nossa Senhora de Guadalupe, na capital.

Manzotti declara não aceitar a alegação de algumas pessoas favoráveis ao aborto, que dizem que o feto não é um ser humano constituído. Ele afirma que a liberdade que cada indivíduo tem sobre seu próprio corpo não pode prejudicar outro indivíduo (o feto). “A Igreja é contra o aborto em qualquer situação.”

Fonte: Paraná Online