As paróquias da Igreja Anglicana receberam sinal verde de um tribunal eclesiástico para alugar suas torres a companhias de telefonia celular que queiram instalar ali suas antenas.

O tribunal eclesiástico de Arches revogou uma ordem anterior que proibia as paróquias de alugar suas instalações, argumentando que assim protegia os menores da pornografia divulgada por serviços de telefonia.

O tribunal justificou seu veredicto, informado hoje pelo jornal “The Daily Telegraph”, alegando que já existem restrições para impedir que as crianças possam ver imagens indecentes nas telas de seus celulares.

Há alguns meses, o bispo da diocese de Chelmsford, George Pulman, proibiu a igreja dos santos Pedro e Paulo, em Chingford, a colocação de uma antena. O argumento foi de que a instalação “facilitaria a transmissão de pornografia”.

O tribunal de Arches admitiu que as antenas podem facilitar o acesso dos adultos a certas imagens pornográficas. Mas lembrou que o ser humano é “imperfeito” e decidiu que negar permissão para a instalação das antenas apenas com esse argumento não é correto.

Fonte: EFE