Líderes de comunidades de fé, instituições do governo, organismos internacionais e da sociedade civil do Peru e da América Latina vão se reunir na sexta-feira, 8, nas dependências do Congresso da República para expor experiências e delinear propostas para defrontar os elevados níveis de exclusão social existentes na região.

O continente apresenta o maior nível de desigualdade no mundo.

O primeiro Fórum Internacional sobre o “Papel da Igreja frente à exclusão social – Aporte aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio”, que terá sede em Lima, é organizado pela Missão Mundial Urbana Rural da América Latina (MUR-AO), movimento ecumênico de voluntários com presença de seis países da região: Brasil, Colômbia, Chile, Paraguai, Uruguai e Peru.

Segundo informações da assessorial de imprensa de MUR, confirmaram participação representantes do Congresso da República, do Conselho Evangélico do Peru (CONEP), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), do Escritório Regional Latino-Americana e Caribenha da Conferência Mundial de Religiões pela Paz e da Comissão Episcopal de Ação Social (CEAS), entre outros.

“Esperamos que essa aproximação e intercâmbio a partir de diversas perspectivas de fé, bem como de instituições do Estado e da sociedade civil, sejam uma clara evidência de que parte da solução está na decisão de unir esforços para enfrenter de maneira conjunta aquilo que é um problema comum para todos nós – a exclusão social”, declarou a moderadora de MUR, Eva Flores.

Fonte: ALC