O incidente que não deixou feridos teria sido provocado por um homem que ateou fogo à sacristia. O suspeito foi detido.

Um pequeno incêndio dentro da igreja Sagrada Família, em Barcelona, obrigou cerca de 1.500 pessoas a deixarem nesta terça-feira o famoso templo, segundo a polícia catalã.

Vários grupamentos do Corpo de Bombeiros foram chamados para combater o incêndio na igreja, que ainda está em construção. De acordo com a polícia, foram registrados danos pequenos na sacristia e a estrutura do templo não foi afetada.

Obra monumental desenhada pelo arquiteto catalão Antonio Gaudí, falecido em 1926, a Sagrada Família foi consagrada pelo Papa Bento XVI em uma missa solene em novembro do ano passado. Apesar das obras, o templo é aberto a cultos e é um dos pontos turísticos mais visitados da Espanha.

[b]Fonte: O Globo[/b]