As mortes aconteceram ontem, quando milhares de fiéis retornavam de um festival religioso no sul da Índia.

Mais de cem peregrinos hindus morreram na sexta-feira durante um movimento de pânico entre milhares de fiéis que retornavam de um festival religioso no sul da Índia, em seguida a um acidente de trânsito.

Segundo a polícia, o motorista de um todo terreno cheio de passageiros perdeu o controle do veículo, que acabou investindo contra a multidão que caminhava por uma estrada estreita num bosque, a 10 km do santuário.

O comissário de polícia Rajendra Nair explicou que a tragédia ocorreu numa recôndita zona montanhosa do estado turístico de Kerala, quando os fiéis voltavam a pé para a casa, depois da peregrinação que a cada ano reúne entre três e quatro milhões de pessoas.

“Um total de 102 pessoas morreram”, havendo dezenas de feridos, alguns em estado grave, declarou à AFP o secretário do Interior de Kerala, Jaya Kumar. O lugar da peregrinação está situado no santuário de Sabarimala, distrito de Iduki, a 200 km da capital do estado, Trivandrum (também conhecida como Thiruvananthapuram).

Os socorristas têm dificuldades em resgatar sobreviventes devido à situação geográfica do local, agravada pela névoa espessa.

A televisão indiana mostrava imagens de vítimas transportadas em macas durante toda a noite.

[b]Fonte: AFP[/b]