Morreu ontem à tarde, aos 77 anos de idade, vítima de infarto no miocárdio, o bispo emérito Dom José Lambert. Ele comandou a Arquediocese de Sorocaba por 25 anos e estava aposentado havia dois anos.

O corpo será velado até às 16h de hoje na Catedral Metropolitana de Sorocaba, e será sepultado será na capela mortuária da própria Catedral.

O prefeito Vitor Lippi (PSDB), que lamentou a morte do religioso, decretou luto oficial de três dias. “Lamentamos muito a perda de uma pessoa tão querida e importante a nossa cidade”, declarou.

Dom José, que morava em Tietê, passou mal domingo à noite logo após celebrar uma missa na matriz da cidade. Com fortes dores no peito, ele foi medicado na Santa Casa de Misericórdia de Tietê e na madrugada de ontem foi transferido para o hospital Modelo, em Sorocaba, onde chegou às 5h da manhã.

Ao chegar em Sorocaba ele foi internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não adiantou. “Infelizmente seu quadro evoluiu para obto hoje (ontem) à tarde”, explicou o diretor clínico do Hospital Modelo, Fábio Monteiro Moraes.

Mesmo infartado, Dom José Lambert chegou caminhando e consciente ao hospital Modelo. “Eu o recebi e disse que ele deveria ficar uns dias internados, mas infelizmente aconteceu o pior”, disse o padre Tadeu Rocha Mores, pároco da catedral.

Fonte: Bom Dia Sorocaba