Os israelenses entraram sem autorização na Tumba de José e foram detidos pela polícia.

A polícia israelense prendeu nesta terça-feira vários israelenses que compareceram sem autorização à Tumba de José, um local de peregrinação para os judeus em Nablus (Cisjordânia).

“Prendemos mais de uma dezena de fiéis judeus que compareceram à Tumba de José sem autorização”, declarou à AFP o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Os fiéis, incluindo colonos extremistas, foram retirados pelos guardas de fronteira israelenses.

A chegada ao controverso local sagrado provocou confrontos com jovens palestinos, que atiraram pedras e quebraram as janelas de vários veículos.

Mais cedo, o Exército israelense, em coordenação com a polícia palestina, havia autorizado a visita de 200 fiéis ao local sagrado, que aconteceu sem incidentes.

Em 24 de abril, um israelense morreu e quatro foram feridos pela polícia palestina perto da Tumba de José depois de uma visita sem autorização.

[b]Fonte: AFP[/b]