O comissário de Justiça da Comissão Européia, o italiano Franco Frattini, propôs a realização de um mapa europeu das mesquitas. O plano inclui também engajamento dos imãs para evitar que os centros islâmicos sejam utilizados para fins ilegais.

A proposta foi anunciada ao final da reunião de ministros do Interior do Grupo dos Seis (Itália, França, Alemanha, Polônia, Reino Unido e Espanha) em Veneza, coordenada pelo italiano Giuliano Amato.

“Um dos aspectos do mapa europeu se refere ao papel dos imãs”, afirmou Frattini. Ele ressaltou o “nível de formação, a capacidade de compreender e de expressar-se na língua do país onde pregam” dos imãs.

Uma primeira reunião dos países interessados na proposta pode acontecer no segundo semestre.

“Recebemos com interesse a intenção da Comissão de organizar um encontro no qual cada um de nossos estados para uniformizar as nesta matéria”, disse o ministro italiano do Interior, Giuliano Amato.

Fonte: Folha Online