AIgreja Universal do Reino de Deus comunicou no blog do bispo Edir Macedo que “tomará as medidas judiciais cabíveis contra as mídias” que estão publicando informação falsa.

Trata-se do texto do site de humor G17 segundo o qual a igreja mandará para o SPC e Serasa os nomes dos fiéis que não pagarem o dízimo. “O departamento de finanças e arrecadação da Igreja não informou a quantidade de inadimplentes, mas estima-se que os maus pagadores estejam causando prejuízo mensal de quase 1 bilhão de reais”, afirma o site.

Em letras pequenas, no pé da página, G17 diz que se trata de um site que satiriza os portais de noticias.

A “notícia” de que os devedores da Universal vão ficar com o nome sujo se espalhou por blogs e redes sociais, na maioria dos casos como se fosse verdadeira. O comunicado da Universal disse que a a falsa informação também foi divulgada em “jornais impressos sem credibilidade”.

Acrescentou: “A direção [da Universal] nega veementemente esta notícia, que é mentirosa e incabível a uma Igreja que se importa exclusivamente em levar a Palavra de Deus”.

Até este momento, o G17, cujo nome e visual são copiados do G1, está no ar com cerca de mil acessos simultâneos.

Algumas de suas outras “notícias” são: “Cabral venderá o Cristo Redentor para pagar dívidas”, “São Paulo pede anulação do jogo por suspeita de bola falsa” e “Mulher morre engasgada com sêmen do amante no motel”.

[b]Fonte: blog do bispo Edir Macedo, Paulolopes e G17[/b]