A região do Crescente Fértil, no Iraque, apontado por especialistas como sendo o Jardim do Éden, segundo a descrição das Sagradas Escrituras, pode ser declarada Patrimônio Mundial da Humanidade.

A candidatura do Crescente Fértil conta com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), e do governo da Itália.

A região também é conhecida como os Pântanos da Mesopotâmia. Ela era uma das mais ricas em espécies da fauna e flora, mas entrou em decadência a partir dos anos 90 do século passado.

Os Pântanos da Mesopotâmia, informa o sítio da ONU, vem sendo reabilitada com a ajuda do Fundo ONU-Iraque e dos governos do Japão e da Itália.

Fonte: ALC