[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/370×220/top/media.guiame.com.br/archives/2015/09/01/612089646-joelma.jpg[/img]

Na última sexta-feira (28), um vídeo com declarações da cantora Joelma começou a circular nas mídias sociais. Além de confirmar a data de seu último show com a banda Calypso (31 de dezembro), ela também revelou o desejo de “servir a Deus” – apesar de não comentar especificamente a possibilidade de uma carreira gospel.

“Eu sei que está sendo difícil, tudo no ínicio é difícil, mas não é impossivel. Para Deus não existe impossível. Obrigada a todos que me acompanharam até aqui no Calypso. Dia 31 de dezembro é meu último show aqui nessa banda. A partir daí eu vou servir a Deus”, disse ela, durante uma show na noite de sexta-feira, 28, em Goiânia (GO).

[b]Sonho antigo[/b]

O desejo de gravar um CD com músicas cristãs não é algo novo na história de Joelma. Ao final de 2012, por exemplo, a cantora respondeu à pergunta de um fã, enviada à revista Contigo. Um dos internautas perguntou se ela seguiria carreira gospel um dia.

“Eu tenho essa promessa de Deus, na hora que ele me chamar eu estou pronta!”, afirmou a cantora.

Posteriormente, em junho de 2013, Joelma revelou o desejo de seguir carreira gospel e movimentou as mídias sociais, contando também com o apoio da filha, Natália Sarraff.

“Tudo que é bom dura pouco? Pelo contrário, tudo que é bom dura para sempre, pois tudo que e de Deus dura para sempre. Feliz por sua decisão, minha mãe. Eu te apoio, pois te conheço e sei o que se passa em seu coração, e sei que agora você está feliz de verdade. Te amo”, postou Natália, na época das declarações da mãe.

A decisão de deixar a banda veio após a cantora anunciar que estava se divorciando marido, o instrumentista e produtor musical, Chimbinha. O músico negou boatos de que tenha traído a ex-esposa e revelou o desejo de reatar o casamento.

[b]Fonte: Guia-me[/b]