Revelado no Programa Raul Gil, o cantor gospel Jotta A, de 19 anos, se envolveu em uma grande polêmica. Nesta quarta-feira (6), tem circulado nas redes sociais um vídeo em que mostra o jovem – nascido em Rondônia – aparentemente embriagado.

Nas imagens de pouca iluminação, o jovem cantor está na companhia de outra celebridade gospel, a cantora Daniela Araújo, que também se envolveu em recente polêmica com o vazamento de áudios que comprovavam que ela tinha envolvimento com drogas.

Nas imagens, eles estão acompanhados pelo ex-namorado de Daniela, Victor Romanini, o que mostra que a gravação não seria nova. Há outras duas pessoas não identificadas no carro.

No vídeo, de pouco mais de 1 minuto e meio, Jotta A está segurando uma garrafa de vodka e cantando o que parece ser uma imitação de línguas estranhas, comuns em igrejas pentecostais. O jovem está alterado e aparenta divertir os demais com sua música sem sentido.

Daniela, sentada no banco da frente, afirma que gosta de “música de bandido” enquanto Jotta A, além de estar visivelmente embriagado, cheira algo. A cantora pede que ele divida com ela. “Dá pra mim, tá cheirando bom”, diz.

Não há informações sobre quem divulgou o vídeo, mas até o momento nem Jotta A nem Daniela Araújo se manifestaram oficialmente sobre o assunto.

Confira o vídeo:

Perdão

Após a divulgação do material em diversos sites, o jovem artista decidiu se pronunciar através de suas redes sociais no que chamou de “Carta Aberta”.

Jotta admite que segurava uma garrafa de Vodka, mas nega que estivesse consumindo drogas. Afirmando que não pretendia justificar seus erros, mostrou-se arrependido de ter “falado coisas imprudentes nas quais peço perdão a Deus e a igreja”.

Ele não comentou a presença de Daniela Araújo, cantora que também enfrenta dificuldades na carreira após vir à tona seu envolvimento com drogas.

Novamente sem citar nomes, Jotta A disse lamentar ter trabalhado “com pessoas desonestas que me prejudicaram e me fazem responder hoje por coisas que não tenho culpa”.  Deixando claro que sente-se “livre do passado”, disse que apesar de um tempo afastado, “eu voltei pra Cristo, e estou tão indignado quanto você de tudo o que fiz”.

Na parte final do documento, disse esperar que venham as críticas, mas deixou claro sua crença que “Deus me deu uma nova chance” e que “Deus me confiou um futuro e não vou desperdiça-lo”. Dizendo ter todo o apoio da sua família, pastores e intercessores, pediu as orações de todos. Finalizou com a frase: “A Reforma começou primeiro em mim”.

Leia a íntegra abaixo:

Fonte: JC Online e Gospel Prime