Um crime de morte chocou a comunidade do Conjunto Ceará. Um jovem envolvido em crime e que buscava a ajuda religiosa para se recuperar, acabou sendo assassinado dentro de um templo evangélico.

O crime de morte, com característica de execução sumária, elevou para 89 o número de homicídios registrados já este mês, em Fortaleza e sua Região Metropolitana, No ano passado, foram, nada menos, que 1.417 pessoas assassinadas na Capital cearense e zona metropolitana.

O jovem, identificado como Esmerindo Martins Aragão Júnior, 26, participava de um culto na igreja evangélica ´Comunidade Cristã Paz e Vida´, por volta de 20 horas, quando o local foi invadido por três homens, todos com armas de fogo nas mãos. Eles procuraram o rapaz e, quando o encontraram, não disseram uma só palavra e começaram a atirar à queima-roupa.

Execução

“Foi um caso típico de execução. Os tiros foram todos direcionados para a cabeça. Eles (os assassinos) focaram só a cabeça da vítima”, contou o cabo PM Santiago, da 1ª Companhia do 6º BPM, que atendeu à ocorrência junto com o Ronda.

Segundo a Polícia, o rapaz tinha envolvimento em crimes de homicídio e receptação, mas, há três meses, começou a frequentar a igreja tentando voltar ao convívio da família.

Fonte: Diário do Nordeste