Um menino de 14 anos morreu de leucemia após se negar a receber transfusões de sangue por motivos religiosos, apesar dos apelos de seus pais para que aceitasse o tratamento, informou nesta quinta-feira a imprensa em Washington.

Dennis Lindberg morreu na quarta-feira no Hospital Infantil de Seattle, poucas horas após um juiz rejeitar o último recurso de seus pais para forçar o filho a aceitar a transfusão, revelou o jornal Post-Intelligencer de Seattle.

Segundo o jornal, Lindberg, Testemunha de Jeová, rejeitou as transfusões com o apoio de seu tio e tutor legal.

Na quarta-feira, o juiz John Meyer, da Corte Superior do condado de Skagit, concluiu que o jovem tinha idade suficiente para saber que ao rejeitar a transfusão poderia estar assinando sua “sentença de morte, e que tinha o direito de tomar esta decisão.

“Não acredito que a decisão de Dennis seja resultado de algum tipo de coação. É maduro e entende as consequências de sua decisão”, destacou o juiz.

Fonte: AFP