Um judeu ortodoxo que orava com amuletos tradicionais causou pânico nesta quinta-feira a bordo de um avião nos Estados Unidos. Temendo um atentado terrorista, o avião foi desviado e obrigado a aterrissar na Filadelfia, disseram fontes de segurança.

“Houve um mal-entendido entre a tripulação e um passageiro religioso que levava objetos de culto e rezava em voz alta”, disse a AFP uma fonte dos serviços de segurança.

O avião da Chautauqua Airlines, que opera para a US Airwais e outras companhias aéreas americanas, decolou pela manhã do aeroporto LaGuardia em Nova York com destino a Louisville (Kentucky).

Depois de o avião decolar, o passageiro religioso começou a colocar no próprio corpo amuletos como caixinhas de couro que guardam fragmentos das escrituras sagradas judaicas.

Conforme a tradição hebraica, que para os ortodoxos é uma prática cotidiana, uma das correntes é atada no braço e outra sobre a cabeça, deixando uma caixinha na testa.

“A tripulação considerou que suas ações e esses objetos eram suspeitos e decidiu desviar o avião para a Filadelfia”, disse a fonte dos serviços de segurança.

O avião foi obrigado a aterrissar às 08:50 (hora local) na Filadelfia, onde as autoridades constataram que se tratava de um mal-entendido.

O porta-voz da US Airwais Morgan Dunnant explicou posteriormente que o incidente não teve consequências. “O avião pousou sem incidentes na Filadelfia e os passageiros e a tripulação voltaram ao terminal e foram colocados em outros vôos”, disse Dunnant.

Fonte: AFP