Onze membros desta igreja surgida nos Estados Unidos e duas associações vinculadas à organização são acusados de fraude, extorsão, organização criminosa, violação da vida privada e prática ilegal da medicina.

“O conjunto do procedimento é improcedente pela grave e irremediável vulnerabilidade de um direito a um julgamento justo”, declarou presidente do tribunal, o juiz Yves Regimont, que criticou na decisão que a investigação de 18 anos contra a igreja na Bélgica baseou-se em preconceitos.

A promotoria havia pedido a dissolução desta igreja no país e penas de seis a 20 meses de prisão para os onze acusados.

Desde o início do processo, os representantes da igreja na Bélgica questionaram a validade da investigação.

A cientologia foi fundada em 1954 pelo escritor de ficção científica L. Ron Hubbard e é reconhecida como religião nos Estados Unidos e vários países europeus.

Nos Estados Unidos, possui seguidores famosos como os atores Tom Cruise e John Travolta.

[b]Fonte: G1[/b]