A Igreja católica da Bélgica está sendo atingida há meses por escândalos de pedofilia.

A Justiça belga anunciou nesta terça-feira ter aberto uma investigação depois da apresentação de um testemunha sobre abusos cometidos contra crianças nos anos 1950 por freiras no leste da Bélgica, uma semana depois de outra acusação feita contra religiosas em outra região do país.

A nova investigação foi aberta depois da apresentação do testemunho de um belga de 63 anos, que contou sido abusado por freiras do orfanato Saint-Vincentius de Halen, na província de Limburgo, na década de 50.

[b]Fonte: Folha Online[/b]