Recuperado de lesão, o meia Kaká, que é evangélico, retornou à Seleção na tarde deste domingo. Autor do primeiro gol da vitória por 4 a 0 diante da Venezuela, em San Cristóbal, ele comemorou sua volta ao time e selou a paz com o técnico Dunga.

“É muito bom voltar à Seleção, é sempre uma grande alegria voltar fazendo gol. Tive uma boa participação e a Seleção está de parabéns”, afirmou o jogador do Milan em entrevista à Rede Globo ainda no gramado.

Com o triunfo na Venezuela, o Brasil chega aos 16 pontos ganhos e empata com a Argentina na tabela de classificação das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. Com melhor saldo, a Seleção é a vice-líder, a quatro pontos dos paraguaios.

Pensando no futuro da equipe no torneio, Kaká valorizou a performance diante dos venezuelanos. “Se continuarmos jogando assim, vai ser difícil ganhar do Brasil”, previu o jogador.

Logo depois de marcar o primeiro gol do time brasileiro na partida, Kaká foi direto para o banco de reservas para selar a paz com o técnico Dunga, que chegou a criticá-lo por sua ausência na Copa América.

“Foi um abraço para acabar com qualquer conversa e ti-ti-ti entre nós”, afirmou o atleta. “Eu eu ele conversamos na Granja e o abraço foi para mostrar que está tudo em paz”, completou o meia.

Fonte: Terra