As doações feitas por fiéis católicos na Catedral de Jundiaí, a 65 km de São Paulo, durante a semana passada, foram furtadas neste fim de semana. Os ladrões entraram por um dos vitrais da catedral, e depois arrombaram os seis cofres.

O furto foi feito durante a madrugada, quando a igreja permanece fechada. Segundo a administração da igreja, é impossível calcular o valor do prejuízo, já que não há controle sobre as doações antes da contabilidade.

A invasão aconteceu pelo lado menos movimentado da igreja. Assim os ladrões também evitaram a câmera de segurança da Guarda Municipal.

Dentro da Catedral os ladrões arrombaram seis cofres que guardavam as doações. Um sacristão que abriu a igreja descobriu o furto nesta segunda-feira. O diácono já perdoou os assaltantes.

Depois do furto a igreja deve ser equipada com um sistema de segurança. Câmeras de vídeo serão colocadas em todas as portas para gravar o movimento de fiéis. Além disso, sensores de presença serão instalados para avisar quando o local é invadido durante a noite e madrugada. A igreja também deve retirar todos os dias os dinheiros de dentro dos cofres.

O diácono diz que em 15 anos este foi o segundo furto no local. O furto será investigado por policiais do 1º Distrito.

Fonte: O Globo