Um grupo de doentes de lepra construiu o seu próprio templo no leste da Índia para evitar a discriminação em outros locais, informou hoje a agência indiana “Ians”.

Com um custo de 83 mil rúpias (cerca de 1.500 euros), o templo fica numa colônia de leprosos da cidade de Ranchi, na região de Jharkhand, uma das mais pobres do país.

“Rezar dentro de um templo é diferente de mendigar fora dele. As pessoas não se importam quando mendigamos, mas armam um escândalo se tentamos entrar no local de oração”, declarou um doente.

Em muitos lugares da Índia, os doentes de lepra sofrem discriminação.

“Fomos expulsos em várias ocasiões. Por isso decidimos reunir os membros de nossa colônia e construir nosso próprio templo”, disse o doente.

Ele acrescentou que os leprosos pagaram o custo total do edifício graças ao dinheiro de esmolas. Eles mesmos trabalharam na sua construção A colônia, conhecida como Indira Nagar, tem uma população de 1.500 pessoas. Nela funciona uma escola exclusiva para filhos dos leprosos. Os professores também são doentes.

“Era uma tarefa difícil matricular nossos filhos na escola geral, porque sofremos discriminação”, disse uma mãe do bairro.

Fonte: EFE