O líder da ONG prol da família cristã, Doug Phillips, coordena a organização Vision Forum que defende o ‘patriarcado bíblico’

O líder de uma ONG (organização não governamental) conservadora dos Estados Unidos, em prol da família cristã, resolveu pedir renúncia ao cargo depois de admitir ter um caso extraconjugal, mas ainda pretende manter a propriedade da empresa relacionada agora a fins lucrativos.

[img align=left width=300]http://images.christianpost.com/portugues/middle/56456/doug-phillips.jpg[/img]Doug Phillips coordena a organização Vision Forum, que defende o “patriarcado bíblico”. Ele admitiu ter cometido um “pecado grave”, ao viver uma “relação inapropriada”, e só se sentiu resignado depois de confessar o ato à sua esposa, família, igreja local e diretoria da ONG.

“Me envolvi em um longo e inapropriado relacionamento impróprio com uma mulher. E enquanto não ‘conhecemos’ um ao outro em sentido bíblico, só pode ser considerado inadequadamente romântico e afetivo”, escreveu Phillips que visa proteger a família da “aniquilação sistemática” por meio da ONG.

Na tentativa de oferecer apoio, Dave Birdy, amigo de Phillips expressou sua torcida para que ele consiga superar tudo que está passando, confiante de que o amigo tem equilíbrio para tal.

“Todos nós estamos propícios a deixar cair a guarda, e até mesmo pessoas de grande caráter são capazes de cometer um pecado grave. Eu não sei nada sobre os detalhes, mas eu tenho certeza que ele fez a coisa certa, e que foi algo muito difícil e humilhante para ele”, declarou Birdy.

Por outro lado, houve quem questionou o comportamento de Phillips, como foi o caso de Jen Fishburne, que fazia parte da igreja de Phillips, a Boerne Christian Assembly, e abandonou após ter se desentendido com o líder da Vision Forum.

“As regras [da ONG] eram muito pesadas para ele suportar. Ninguém podia continuar sob estas regras e experimentar a vida abundante que Deus tem para nós. Isso é muito triste”, Fishburne escreveu em seu blog.

Ao concluir seu raciocínio, Fishburne destaca Phillips deve se reciclar e repensar a forma de conduzir suas ideias, em busca de maior compreensão ao invés de julgamentos.

“Eu oro para que Doug Phillips use esse tempo para fazer um exame sério e olhar ao seu redor, não apenas para si, mas os para o fardo que ele criou e que edificou para sua família e milhares de outras famílias que seguem ele há anos. Agora é o momento de reavaliar suas regras em favor do amor”, acrescenta Fishburne.

[b]Fonte: The Christian Post[/b]