A regularização de templos no Distrito Federal foi tema de audiência pública nesta segunda-feira (30) no plenário da Câmara Legislativa.

Na pauta, como o GDF vai vender os terrenos para as instituições que já ocupam a área. A medida é baseada em uma lei do Governo Federal que garante a venda. É o que explica o deputado Renato Andrade (PR).

A regulamentação deve beneficiar templos construídos até 2006. O pastor presidente da Igreja Batista Central, Ricardo Espindola, aponta que a medida evita beneficiar pessoas mal intencionadas.

Mas, não só as igrejas evangélicas enfrentam problemas. A diretora da Central Organizada de Matriz Africana, Patricia Zapone, reclama que cerca de 20 terreiros têm dificuldade para regularizar a situação.

Outra preocupação levantada durante a audiência é a especulação imobiliária, já que muitos líderes religiosos temem não poder pagar o preço pedido pela Terracap.

[b]Fonte: EBC[/b]