Que fenômeno é este que transformou os jeitos de ser evangélico e católico no Brasil? Milhões de CDs vendidos com música religiosa nos mais variados estilos e ritmos, espetáculos musicais que reúnem milhares de pessoas em casas de shows ou espaços abertos, marchas que levam mais de dois milhões de pessoas às ruas.

E tem mais, premiação anual para os destaques musicais, categorias no Grammy Latino, segmentação de mercado, profissionalização de músicos, cultos e missas performáticos, muita tecnologia, ampliação de espaço na mídia, visibilidade para a diversidade cristã no País.

Como entender e explicar este fenômeno que é gestado nos anos 80, explode nos 90 e se consolida nos 2000? A recente publicação da Mauad Editora, em co-edição com o Instituto Mysterium, A Explosão Gospel – Um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico no Brasil, oferece um caminho de compreensão.

A autora, Magali do Nascimento Cunha, jornalista, doutora em Ciências da Comunicação e professora na Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, se interessou pelo tema e articulou pesquisas de campo à experiência interdisciplinar Comunicação-Estudos Culturais-Teologia-Ciências da Religião para dar forma à obra agora publicada.

Segundo a autora, é impossível não relacionar o fenômeno sociocultural-religioso ao crescimento da presença dos evangélicos no Brasil, que dá nova forma ao mosaico religioso no País. O livro busca responder a este desafio e resulta numa abordagem particular e inédita: o lugar das culturas da mídia e do mercado na formação de uma nova expressão cultural religiosa, que a autora denomina “cultura gospel”.

Para esse estudo, a autora valeu-se das ferramentas oferecidas pelas ciências humanas e procura analisar o que há de mais atual no cenário evangélico na contemporaneidade: o lugar da música, do consumo e do entretenimento como mediações do sagrado. Para isso, busca na metáfora “vinho novo em odres velhos” uma resposta à indagação: o que é realmente novo na explosão gospel que mudou o jeito de ser evangélico no Brasil?

Este livro faz parte da Coleção “Teologia Para Quê?”, que a Mauad Editora lançará em breve, juntamente com outros dois volumes. A Coleção, que vai abordar Temas Teológicos Contemporâneos, vem contribuir para o debate da Teologia com outras áreas do pensamento; trata-se de um canal de diálogo e serviço em nossa sociedade, às vezes desesperançada, às vezes cética, às vezes tão crente e cheia de religiosidades que se expressam em muitas espiritualidades.

Sobre a autora

Magali do Nascimento Cunha é jornalista, doutora em Ciências de Comunicação pela Universidade de São Paulo e mestre em Memória Social e Documento pela Universidade do Rio de Janeiro. É professora em diversos cursos da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista/Universidade Metodista de São Paulo, com ênfase nos temas Comunicação e Religião, Ecumenismo e Igreja e Sociedade.

Atua como assessora, palestrante e conferencista em diversos eventos, contribuindo com processos de formação na Igreja Metodista, da qual é membro, e em outras igrejas e organizações cristãs no Brasil e no exterior. É membro do Comitê Central do Conselho Mundial de Igrejas, representando a Igreja Metodista no Brasil e as igrejas-membros da América Latina. Organizadora e uma das autoras dos livros Pastoral Urbana: Presença Pública das Igreja s em Áreas Urbanas (Editeo/Editora Metodista/IEPG, 2006), Pluralismo e a Missão da Igreja na Atualidade (Editeo, 2007), dentre outras obras de sua autoria.

A EXPLOSÃO GOSPEL
Um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico no Brasil
Magali do Nascimento Cunha
Editora: Mauad | Instituto MYSTERIUM
Preço: R$ 38,00
Páginas: 232
Formato: 14×21 cm.
Tipo: Brochura
Ed. 1a. Ano: 2007
ISBN: 978-85-7478-228-7
EAN: 9788574782287

Fonte: ALC