O Vaticano e a Conferência dos Bispos dos Estados Unidos estão investigando o padre Peter Phan, teólogo da Georgetown University, devido a um livro no qual ele teria colocado em dúvida a unicidade de Cristo e da Igreja, informou o periódico National Catholic Repórter (NCR).

Phan, afirma o vaticanista John Allen, estaria desde 2005 no foco das atenções do órgão doutrinário do Vaticano Congregação para a Doutrina da Fé por causa de seu livro Being Religious Interreligiously (sendo religioso inter-religiosamente, em tradução literal), publicado em 2004.

O teólogo teria recebido uma carta do arcebispo Angelo Amato, o número dois da Congregação, que teria apontado “sérias ambigüidades” no texto de Phan.

Segundo fontes anônimas citadas pelo NCR, o teólogo de origem vietnamita é acusado de colocar em discussão o caráter de Cristo enquanto “único e universal salvador do mundo” e o papel da Igreja Católica nesta salvação. Phan não quis comentar o caso.

Fonte: Estadão