[img align=left width=300]http://ejesa.statig.com.br/bancodeimagens/5s/y8/vx/5sy8vxbjcnjtdq5wdh3onn99t.jpg[/img]

Sem poder jogar futebol por conta de uma suspensão de quatro anos imposta pela Fifa, Jobson está com tempo para “reconstruir seus caminhos” fora do futebol. O ex-jogador do Botafogo já esteve envolvido em diversos tipos de polêmicas dentro e fora dos gramados, como: o doping por uso de cocaína na reta final do Brasileirão de 2009, vídeos íntimos vazados na Internet recentemente e uma prisão em Conceição do Araguaia, no estado do Pará, em julho deste ano.

Talvez tentando entrar no rumo contrário ao dos problemas, o atacante assistiu a um culto na igreja evangélica Assembleia de Deus Vitória em Cristo, ministrado pelo pastor Silas Malafaia, no último domingo, no bairro da Penha, Zona Norte da cidade.

Nas orações, Jobson pode pedir uma “forcinha” para retornar logo ao futebol. O atacante está suspenso por ter se recusado a fazer um exame antidoping quando defendia o Al Ittihad, da Arábia Saudita, em 2014. A defesa do jogador ainda tentar um recurso junto à Fifa para que a pena de quatro anos seja anulada ou diminuída, liberando o jogador para atuar. O Botafogo já manifestou o desejo de contar com o atacante.

[b]Fonte: O Dia[/b]