O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comparou, na última quinta-feira, durante participação no Fórum Empresarial Brasil-México, no Recife (PE), o programa Bolsa Família ao milagre da multiplicação dos pães. Ele atacou os adversários que classificam o programa de assistencialista.

“Porque um cidadão que pode sentar em um balcão de um restaurante chique e, ao terminar de tomar o seu uísque, pode dar R$ 50 de gorjeta para o garçom, ele não tem dimensão do que uma mãe de família pobre faz com R$ 50. A multiplicação dos pães de que Cristo falava era exatamente essa: deu dinheiro nas mãos das pessoas necessitadas. E nós, além de dar aos pobres, estamos dando para as mulheres”, afirmou.

Lula ressaltou que o dinheiro do Bolsa Família na mão das mulheres é garantia de que será revertido para a compra de alimentos para as famílias carentes. “O homem ainda pode parar em um bar e tomar um aperitivo com o dinheiro do Bolsa Família. Pode, se ele tiver vontade ele pode, se o Corinthians perdeu, se a Seleção perdeu. Mas uma mulher, certamente, ela vai ao armazém comprar o que dar de comida para os filhos”, disse.

Fonte: Terra