Prestes a encerrar sua “Confessions tour” no Japão esta semana, a cantora Madonna se pronunciou oficialmente, por meio de uma nota à imprensa, sobre a polêmica cena da crucificação de seu show.

Leia sua declaração:

“Eu estou muito agradecida por meu show ter sido tão bem recebido em todo o mundo. Mas parece ter havido alguns mal-entendidos sobre minha aparição na cruz e quero esclarecer eu mesma de uma vez por todas.

Há um trecho do meu show onde três dos meus dançarinos “se confessam” ou dividem suas experiências dolorosas de infância que finalmente superaram. Minhas “confissões” vêm a seguir e ocorrem numa cruz da qual eu desço no fim. Não é um deboche da Igreja. Não é diferente de uma pessoa usando um crucifixo ou “tomando sua cruz”, como diz a Bíblia. Minha performance não é anti-cristã, sacrílega ou blasfema. Ao invés disso, é meu apelo ao público para encorajar a humanidade a ajudarem uns aos outros e ver o mundo como uma integração completa. Eu acredito no fundo do meu coração que se Jesus estivesse vivo hoje ele estaria fazendo a mesma coisa.

Meu objetivo específico é chamar atenção para milhões de crianças na África que estão morrendo todos os dias, e estão vivendo seu cuidados, sem remédios e sem esperança. Eu estou pedindo às pessoas que abram seus corações e mentes e se envolvam de qualquer forma que possam. A canção termina com uma citação da Bíblia, do Livro de Mateus:

‘Por que tive fome e me destes de comer. Estive nu e me vestistes. Estive enfermo e me visitastes. E Deus respondeu: ´Tudo que fizerdes pelo menor de meus irmãos, a mim o fizeste´’.

Por favor não façam nenhum julgamento sem ver meu show.”

O show de Madonna em Londres será exibido na NBC em novembro. A rede não confirmou se incluirá a cena de crucificação em sua transmissão.

Fonte: Globo Online