Fiscais do TRE receberam uma denúncia de que exemplares do jornal da Igreja Universal estavam sendo distribuídos na Rocinha e na rua 28 de setembro em frente a zonas Eleitorais.

O jornal recolhido na Rocinha trazia uma manchete falando mal da Rede Globo e o apreendido em Vila Isabel trazia manchete sobre o poder do voto evangélico.

A editora do jornal, a Igreja Universal e o candidato supostamente beneficiado podem ser multados em até R$ 10.000.

– O juiz (Fábio Uchôa Montenegro) entende que a distribuição gratuita do jornal é uma tentativa de influenciar o eleitor. – disse o chefe dos fiscais, Luiz Fernando Santa Brígida.

Fonte: JB Online