A cidade do Rio de Janeiro abalou com mais de 200 mil pessoas que estiveram participando, neste sábado (04/06), da Marcha para Jesus.

[img align=left width=300]http://guiame.com.br/images_materia/materia/j_7088.jpg[/img]A Marcha, que tem o objetivo de expressar a fé publicamente, estendeu também o protesto contra o PLC 122. Ela deu início na Central do Brasil por volta das 14h e foi tomando a Av. Presidente Vargas, com sete trios.

No primeiro trio esteve o orador Pastor Silas Malafaia que falou sobre como o Cristão deve exercer a sua cidadania e sobre ficar atento sobre o que os governantes e políticos estão fazendo pela nação.

Uma vez mais Malafaia aproveitou a oportunidade para criticar o PLC 122 como havia prometido. Na última quarta-feira, ele comandou uma manifestação de cerca de 50 mil pessoas na frente do Congresso Nacional em protesto contra o PLC 122.

O Pastor Marcus Gregório, presidente do Conselho de Ministros de Estado do Rio de Janeiro (COMERJ), orou pelo estado do Rio e estava visivelmente emocionado.

Estiveram também presentes na Marcha Para Jesus outras autoridades políticas e eclesiásticas, além de cantores da música gospel.

O palco montado na Cinelândia reuniu mais de 20 atrações, incluindo Fernandinho, Fernanda Brum, Grupo Kainón, Waguinho, Renascer Praise, entre outros, para animar os fiéis. Em destaque, esteve o Pregador Luo que foi encarregado de fechar o que foi considerada a maior Marcha Para Jesus da História do Rio de Janeiro.

A Marcha para Jesus é um evento internacional que começou em 1989 em Londres. No Brasil, a primeira marcha aconteceu em 1993, na cidade de São Paulo. A última passagem pelo Rio de Janeiro foi em 2008 e reuniu cerca de 30 mil pessoas.

[b]Fonte: Guia-me e The Christian Post
[/b]