No início desta semana, um grupo de mais de 70 líderes evangélicos se reuniram em Washington, DC (EUA) com o homem designado para ser o embaixador dos EUA em Israel, David Friedman. O encontro durou mais de uma hora para discutir sua nomeação, bem como a agenda do governo Trump sobre a relação bilateral com o Estado israelense.

[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/smart/media.guiame.com.br/archives/2017/02/03/281679488-david-friedman.jpg[/img]A reunião foi convocada por Joseph Sabag, Diretor Nacional dos EUA para a Fundação de Aliados de Israel; Mario Bramnick, presidente da ‘Coalizão da Liderança Hispânica Israelense’ e vice-presidente da ‘Coalização Nacional da Liderança Cristã Hispânica’; Bill Dallas, CEO da ‘Unidos em Propósito’; E Jim Garlow, Pastor Sênior da Igreja Wesleyana ‘Skyline’. A delegação combinada de líderes evangélicos representou milhões de cristãos de todo o mundo através de grandes denominações e redes.

Após a reunião, os pastores consolidaram seu apoio à nomeação de Friedman e emitiram uma carta conjunta ao presidente Donald Trump.

“Depois de nos encontrarmos pessoalmente com o Sr. Friedman, está claro para nós que ele é um homem de caráter, princípios e fé”, disse Bramnick. “Acreditamos que ele vai aplicar sua formidável experiência e vai fielmente defender os interesses do nosso país naquela nação”.

“Agora, talvez, mais que em qualquer outro momento da história moderna, é de vital importância, tanto para os cristãos quanto para a nossa nação como um todo, que a América apoie firmemente Israel, a única nação pluralista e democrática na região – uma nação que compartilha Nossos valores… Agradecemos ao Sr. Friedman por dedicar graciosamente seu tempo para reunir-se com nossa coalizão, e temos o prazer de dizer que apoiamos com entusiasmo sua nomeação”, acrescentou.

A carta conjunta também expressa a disposição do grupo em apoiar a mudança da Embaixada dos EUA de Tel Aviv para Jerusalém, caso o Governo Trump opte por fazê-lo.

“Enquanto Friedman é alguém em quem conhecemos e confiamos, nossa reunião hoje só fortaleceu nosso apoio”, disse Sabag. “O que podemos dizer definitivamente é que o Sr. Friedman e o Presidente Trump representam uma grande melhoria no apoio de nossa nação a Israel, e isso é algo que todos os americanos – especialmente os cristãos evangélicos – devem aplaudir”.

Confira abaixo, a carta formulada e assinada pelos pastores, elogiando a nomeação de Friedman e apoiando a mudança da Embaixada dos EUA em Israel, de Tel Aviv para Jerusalém:

Caro Presidente Trump:

Escrevemos hoje como líderes evangélicos e amantes de Israel, oferecendo as bênçãos e o apoio de muitos milhões de americanos que representamos coletivamente. Desejamos aplaudir a nomeação de David Friedman para ser o embaixador dos Estados Unidos no estado de Israel e convidar a todos os membros do Senado dos Estados Unidos a votar a favor da sua confirmação. Além disso, desejamos expressar nosso apoio, caso sua administração decida mover nossa Embaixada dos EUA para a eterna e indivisível capital da nação judaica, a cidade santa de Jerusalém.

Nosso apoio a Israel está, em primeiro lugar, enraizado na Bíblia, na qual está claramente estabelecido que Deus deu a terra de Israel, com Jerusalém como sua capital, ao povo judeu como uma aliança eterna. De fato, a alegação e a presença do povo judeu em Israel e em Jerusalém permaneceu constante por mais de 3000 anos.

Além disso, é do melhor interesse da América ter um aliado democrático e pluralista como Israel no Oriente Médio, uma nação que compartilha nossos valores.

De preocupação para os cristãos em particular, Israel é o único país no Oriente Médio onde a liberdade de religião é assegurada e protegida. Dada a tentativa de genocídio dos cristãos e a escalada da perseguição da Igreja em toda a região circundante, a nossa comunidade nunca viu um momento mais crítico para manter um apoio inabalável a Israel. Além disso, a abundância de patrimônios cristãos em Israel e seus territórios torna-o um lugar especialmente sagrado para a nossa comunidade, onde a liberdade de acesso e livre exercício de nossa religião só pode ser garantida sob a soberania israelense.

Nosso encontro com Friedman deixou claro que você escolheu com sabedoria um homem de fé, caráter e princípios para representar os interesses de nosso país em Israel. Estamos certos de que, em sua posição, ele atuará efetivamente para defender as preocupações e esperanças vitais da comunidade cristã. Mais amplamente, estamos confiantes de que os grandes talentos e experiência do Sr. Friedman vão desempenhar um papel fundamental na realização da vasta atualização em apoio a Israel que seu governo se comprometeu a fazer.

Apesar dos desafios e obstáculos que podem enfrentar nosso apoio a Israel, sabemos que a América continua abençoada como “a terra do livre e o lar dos valentes” em grande parte devido a esse apoio. Portanto, neste momento importante, desejamos afirmar o compromisso da nossa comunidade de estar com nosso governo eleito, o Embaixador Friedman, e você, nosso novo presidente, ao conduzir nossa própria grande nação em busca das muitas bênçãos a serem tiradas de nossa posição Com Israel, a luz para as nações.

[b]Fonte: Guia-me[/b]