Bandeira da Malásia
Bandeira da Malásia

No dia 16 de maio, a Comissão de Direitos Humanos da Malásia (SUHAKAM) decidiu retomar o inquérito sobre o desaparecimento do Pastor Raymond Koh. Isso deu uma nova esperança à esposa do pastor, que conta que o novo governo vá cumprir sua promessa de fortalecer os direitos humanos no país.

“Espero que com o novo governo, os documentos da investigação não sejam postos sob o Ato de Segredos Oficiais e que Raymond, Amri Che Mat, Joshua e Ruth Hilmy sejam libertados em breve”, disse ela em uma entrevista a um jornal.

SUHAKAM decidiu reabrir o inquérito ao levar em consideração os argumentos e apelos da polícia e dos advogados da família. O pastor não foi mais visto desde 13 de fevereiro de 2017, quando foi levado por sequestradores mascarados numa van, perto de sua casa, em Petaling Jaya.

Um cristão malaio que acompanha e ora pelo caso do pastor Raymond Koh disse que está animado com esse novo desenvolvimento no caso, porque demonstra como Deus pode mudar coisas e responder às nossas orações.

“Mas isso é só o começo. Precisamos continuar orando até que o pastor Raymond, pastor Joshua e sua esposa, Ruth, sejam encontrados”, complementa.

Tradução: Onde está o pastor Raymond?
Tradução: Onde está o pastor Raymond?

Pedidos de oração são feitos para que a justiça e a verdade prevaleçam no caso desses cristãos desaparecidos na Malásia; para que todas as perguntas sobre os desaparecimentos sejam esclarecidas; e para que as famílias continuem sendo fortes e corajosos para lidar com todos os procedimentos.

Fonte: Missão Portas Abertas