Ao contrário do que foi noticiado em muitos sites evangélicos o deputado evangélico não teria pendências junto ao TRE-SP.

Muitos sites evangélicos replicaram uma matéria que citava os parlamentares evangélicos que estão com problemas na justiça ou por processos de desvio de recursos ou improbidade administrativa e outros processos.

[img align=left width=300]http://noticias.gospelprime.com.br/files/2012/04/marcelo-aguiar-236×155.jpg[/img]Na lista que cita não só os deputados como também a denominação a qual eles pertencem aparece o deputado federal Marcelo Aguiar (PSD-SP), segundo levantamento do site Transparência Brasil ele teria tido suas contas de campanha de 2010 rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), mas por meio de uma nota à imprensa o deputado afirma que seu nome consta na lista por má-fé e desrespeito, pois no caso com prestação de contas foi apenas um equívoco de sua equipe que ainda é inexperiente.

“Listar meu nome em um texto que fala de supostos crimes eleitorais, compra de votos ou falhas políticas me parece um caso clássico de má-fé e desrespeito com a minha histórica política e pessoal”, disse ele que explicou o que de fato aconteceu para que o TRE rejeitasse suas contas.

“Minha prestação de contas referente às eleições de 2010 teve um parecer pela rejeição, no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, por vicio formal. Isso significa que houve uma falha burocrática na apresentação das contas, fruto da nossa inexperiência com o processo”.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]

Leia também: [url=https://folhagospel.com/modules/news/article.php?storyid=21737]Maioria de deputados evangélicos têm pendências judiciais[/url]