Em um evento na cidade de Maringá (PR) o deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) disse que recebeu em seu gabinete a visita de um babalorixá do Rio de Janeiro que foi até Brasília mostrar seu apoio.

A visita teria acontecido no início dos protestos contra a permanência do parlamentar evangélico na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

O homem chegou no gabinete de Feliciano dizendo que ele representava um grupo de 600 terreiros e que o deputado, que estava sendo muito criticado, representava a ele e a todos os demais membros dessa instituição.

“Vim aqui para dizer para o senhor que o senhor nos representa, porque o senhor representa a família brasileira”, teria dito.

O pastor chegou a dizer que o babalorixá ainda lhe deu uma “Espada de São Jorge” para defesa espiritual. Com jeito Feliciano conseguiu recusar o presente e ainda deixou que o homem levasse a Bíblia que estava em cima da mesa.

No final desse encontro o pai de santo afirmou que todos os seus 600 terreiros estariam todas as sextas-feiras batendo tambor para que as entidades passassem a protegê-lo.

“Quando fui falar Jesus falou comigo: ‘quem não é contra nós, é por nós’”, disse Feliciano.

“Quando ele virou as costas, Jesus falou comigo: ‘meu filho, quando a Igreja não se levanta eu levanto até demônio’”.

Assista:

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]