Um menor de 17 anos foi detido nesta quarta-feira à tarde pela Guarda Municipal de Campinas, após roubar a Catedral Metropolitana, no centro da cidade. Pouco depois das 14h30, ele invadiu a capela e levou um amplificador de som.

O infrator nem teve tempo de fugir e foi capturado em frente a Igreja, sentado na calçada da Rua Costa Aguiar.

“A sorte é que duas senhoras estavam rezando no local e viram o menor. Elas me avisaram e nosso segurança conseguiu detê-lo. Ele ainda argumentou que o aparelho era dele, mas depois abriu o jogo” , comenta o supervisor da Igreja, Roberto Bueno Sobrinho, que conclui. “O aparelho era pouco usado e por isso ficava em cima da mesa, atrás de uma pilastra. Só utilizamos em ocasiões especiais” .

A GM foi acionada e o encaminhou para a Delegacia da Infância e Juventude, no Jardim Amazonas. “Eu ia vender o aparelho para comprar crack. O meu negócio é usar droga e beber pinga. Este amplificador devia valer uns R$ 250” , disse o menor, morador do Jardim Vida Nova, que ainda acrescentou. “Eu já entrei nesta Igreja outras vezes. Já roubei um monte de coisa de bronze. Não tenho medo de ser preso.”

O supervisor da Igreja desconhece qualquer outro assalto que tenha ocorrido no local. A GM informou que o menor já foi detido em outras oportunidades, por diversos delitos. Ele não tem nenhum responsável legal e o caso foi enviado à Promotoria. Ele iria passar a noite em uma das unidades do Casa (Casa de Atendimento Sócioeducativo ao Adolescente).

Fonte: Cosmo Online