Cinco minutos antes de iniciar o leilão, agendado para às 15h da sexta-feira, 6 de junho, de prédio do Instituto Metodista Bennett, localizado na rua Marquês de Abrantes, no Rio, advogados da Associação da Igreja Metodista (AIM) ingressaram com medida cautelar e depositaram em juízo em São Paulo, onde tramita o processo, 4,94 milhões de reais (cerca de2,90 milhões de dólares).

O prédio foi posto a leilão por falta de pagamento de uma dívida contraída pelo Bennett com o Banco Daycoval. Os 4,94 milhões correspondem ao valor total da dívida com juros e correção monetária. Segundo o secretário executivo da AIM, Alexandre Rocha Maia, o juiz não suspendeu o leilão, mas concedeu liminar impedindo qualquer ato que concretize a transferência do imóvel do Bennett localizado no bairro do Flamengo.

A AIM encaminhou medidas jurídicas necessárias para reverter a situação e manter a propriedade, construída a partir de 1888, resultado do trabalho missionário da Divisão de Mulheres da Missão Estrangeira da Igreja Metodista dos Estados Unidos e de metodistas brasileiros.

Fonte: ALC