Vídeo com evangélica mirim no YouTube ganha versão funkeira e estará em longa do diretor de “Central do Brasil”. “Hit” da internet mostra a garota Ana Carolina Dias (foto) pregando para multidão; ela também vai ser tema de dois documentários estrangeiros.

“É, meirmão, você sabe o que significa essas cinco pre…predrinhas, meirmão? Maravilhoso, conseleiro, Deus forte, pai da eternidade e príííííncipe da paaaiz! [sic].” Aos gritos, em um palco cercado por uma multidão alucinada, Ana Carolina Dias prega o Evangelho com algum tropeço nas palavras e o mais puro carioquês. Carinha meiga, cabelo com franja, vestido xadrez, ela tem só sete anos.

A pregação se deu em encontro de missionários evangélicos, em Camboriú (SC), em 2002. As imagens foram gravadas e já são famosas em sites como o YouTube (www.youtube.com). Na rede, ela é a “menina pastora”. Pop, ganhou 14 comunidades no Orkut (www.orkut.com), como “Eu odeio a menina pastora”, “Eu amo a menina pastora” e “Menina pastora para presidente”.

E o novo “hit” com a pequena é um funk produzido a partir do vídeo da pregação. Criado pelo DJ Raphael Mendes, 28, que mora em Curitiba e atualmente está desempregado (leia abaixo), o remix, batizado de “Funk da Menina Pastora”, havia sido visto por mais de 83 mil pessoas até quinta-feira.

Em breve, a fama de Ana Carolina Dias, hoje com 13 anos, deverá ir além do mundo evangélico e do virtual. Suas imagens serão inseridas em “Linha de Passe”, o novo filme de Walter Salles, diretor de sucessos como “Central do Brasil” e “Diários de Motocicleta”.

No longa-metragem, um evangélico irá assistir à pregação de Ana Carolina pela televisão, de acordo com Ezequiel Dias, pastor da Assembléia de Deus e pai da celebridade.

A assessoria de Salles confirmou à Folha que ele foi contactado para ceder as imagens da garota para “Linha de Passe”.

Ezequiel conta orgulhoso que “Ana Carolina está se preparando para três filmes”.

Fora a ponta em “Linha de Passe”, que deve ser lançado em 2008, a menina será, segundo seu pai, tema de dois documentários estrangeiros. Um a ser exibido pela BBC de Londres e outro de uma produtora italiana. A equipe inglesa chega no próximo dia 30 a Campo Grande, no Rio, onde mora a menina pastora. A italiana desembarca em 15 de julho.

Prodígio

O pastor Ezequiel fala com orgulho das novidades que envolvem a filha prodígio, que já gravou quatro CDs, prega por todo o Brasil, atende em um “pronto-socorro espiritual” e tem até site oficial. “A gente atribui tudo isso a algo chamado milagre. Deus já havia prometido a ela que iria torná-la conhecida no mundo todo, que ela seria uma das anunciadoras do arrebatamento”, afirma.

Essa história começou quando a menina tinha dois anos e, vítima de uma doença grave, teve a vida “salva por milagre”. Com apenas três anos, relatam, começou a pregar e já decorava longos trechos da Bíblia.

Diz Ezequiel que Ana Carolina escreve 6.500 cartas por mês a fiéis e ainda assim consegue ser a melhor aluna da classe.

Mas o pastor não gosta nada dessa história de piadinha na internet. Funk, então… “O Senhor Jesus disse que bem-aventurados sois quem for humilhado em Seu nome. Nós gostaríamos que esse tipo de coisa [“Funk da Menina Pastora’] não acontecesse. Mas quem se arrisca como a Ana Carolina a vestir a camisa do Evangelho tem que estar preparado.”

A menina pastora tem uma agenda cheia. A programação de sermões, disponível em seu site oficial (www.anacarolinadias.com.br), é extensa. Já há compromissos em diferentes Estados, como São Paulo, Minas e Sergipe, marcados até novembro. À Folha, ela revelou que existe até um “conselho” para avaliar os pedidos de entrevista. Como esse conselho demoraria a se reunir, a garota preferiu conversar pouco.

Fonte: Folha de São Paulo