As cenas em que a atriz global Flávia Alessandra dançou quase nua numa boate atraíram as atenções para a novela “Duas Caras”.

Mas isso poderá custar caro à Globo: na última quinta-feira, o Ministério da Justiça instaurou um processo interno que poderá resultar na reclassificação da novela como imprópria para menores de 14 anos, inadequada para antes das 21h.

“Duas Caras” já é exibida às 21h. Uma eventual reclassificação não trará problemas no Sudeste e no Sul. No entanto, no Nordeste (onde não há horário de verão) e em quase todo o Norte (onde há a defasagem de pelo menos uma hora em relação a Brasília) uma reclassificação significa problema.

A partir de janeiro, as emissoras do Norte e do Nordeste serão obrigadas a cumprir a classificação indicativa de acordo com o fuso horário local. Ou seja, se “Duas Caras” for reclassificada para as 21h, não poderá mais entrar no ar às 20h locais.

Foi pensando nisso que a Globo autoclassificou a novela como imprópria para menores de 12 anos, inadequada para antes das 20h. Assim, apesar de só ser transmitida no Sudeste às 21h, a produção não descumpre a classificação no Nordeste, onde está sendo exibida às 20h.

Nesta semana, o Ministério da Justiça divulgará o resultado da análise das cenas de Flávia Alessandra. Pelo manual do ministério, as imagens podem ser consideradas inadequadas até para antes das 22h. A Globo e o autor Aguinaldo Silva não comentaram o assunto.

Fonte: Folha de São Paulo