Na última sexta-feira (9), o Ministério da Justiça publicou no Diário Oficial da União despacho em que determina que as redes Globo e Record alterem a classificação indicativa de algumas atrações.

A pasta discordou da classificação da Globo – livre para todas as idades – destinada à novela das seis “Escrito nas Estrelas” e a considerou para menores de dez anos.

De acordo com a determinação, a atração contém “agressão física, atos criminosos e preconceito”. A reclassificação, segundo o jornalista Daniel Castro, não altera a exibição da novela, já que a indicação para a faixa de dez anos não está vinculada a horário.

O despacho do Ministério também divulgou a nova classificação da novela “Passione”, a pedido da própria Rede Globo. A atração passa a ser imprópria para menores de 12 anos. Antes, era considerada inadequada para crianças de até dez anos.

No caso da Record, o humorístico “Legendários” deverá abandonar a autoclassificação feita pela emissora, de programa impróprio para menores de 10 anos, pois o Ministério viu na atração “linguagem chula e conteúdo sexual.

A novela “Ribeirão do Tempo” agora é inadequada para menores de 14 anos e para a veiculação antes das 21h em razão do “consumo repetido de drogas lícitas, linguagem de conteúdo sexual, insinuação sexual, erotização e violência”, além de “violência familiar e abuso sexual”, segundo monitoramento do Ministério.

A Record não comentou a reclassificação de seus programas; já a Globo informou que não irá recorrer da determinação.

Fonte: Portal Imprensa